Ter, 24 de Outubro de 2017
br            
Propriedades da Plantas e Ervas
ACEROLA
A ação da acerola está diretamente ligada à vitamina C, uma vez que este é o componente ativo que aparece em maior quantidade, com isto é coadjuvante no tratamento de gripes e resfriados, afecções pulmonares, afecções do fígado e da vesícula biliar, cáries dentárias, anemias, tem ação antioxidante, prevenindo doenças degenerativas e o envelhecimento precoce.

AGRIÃO

Estimulante, tônico, cicatrizante, depurativo, antiinflamatório, descongestionante, digestivo, diurético, antiescorbútico, anticaspa e antiqueda de cabelo .
Pela grande disponibilidade de enxofre é específico para o tratamento anticaspa, sem produzir efeitos colaterais.
Possui propriedades dissolventes da nicotina, combatendo seus efeitos no organismo, quando administrada via oral.
Por ser rico em vitamina C é um antiescorbútico notável pois repõe as quantidades necessárias desta vitamina ao organismo, quando usado regularmente.
Constitui um ótimo remédio contra a atonia dos órgãos digestivos e raquitismo, devido ao seu grande conteúdo de vitaminas e sais minerais.

ALCACHOFRA
Possui ação colagoga, colerética, depurativa, diurética, laxativa, hipoglicemiante, reduz a taxa de uréia e reduz o colesterol sangüíneo.
A alcachofra não dissolve os cálculos biliares, mas diminui as cólicas, exercendo um efeito preventivo em pessoas predispostas a desenvolverem litíase. O incremento da eficiência metabólica do fígado deve-se aos componentes polifenóicos que provocam a diminuição plasmática do colesterol.
Possui propriedades anti-hepatóxicas, estimulando a função do fígado. Ação protetora e regeneradora dos hepatócitos é provocada pelo flavonóides e glialcooliterpênicos que estimulam a síntese enzimática básica do metabolismo hepático.

ALHO
Tem acção expectorante, anti-séptico pulmonar, analgésico, antiinflamatório, antibacteriano, tônico, hipotensor, hipoglicemiante, febrífugo, antiplaquetário, antioxidante e hipocolesterolemizante. Diminui a viscosidade sangüínea e é anti-helmíntico.
O princípio de ação do óleo de alho se deve á alicina e aliina, por possuir notáveis propriedades bacteriostáticas e bactericidas sobre numerosas
Possui ação vermífuga fraca para ascaris e oxiúros.
Possui um efeito antitóxico não permitindo a formação de toxinas no intestino, além de eliminas as espécies patogênicas sem afetar a flora normal.
É um estimulante do organismo e de algumas glândulas de secreção interna, sendo muito eficaz nos diabetes. Devido a sua capacidade vasodilatadora é considerado um eficaz hipotensor.
O óleo de alho modifica as secreções brônquicas, ajudando a desobstruir as vias aéreas, por fluidificar as secreções respiratórias.

BERINJELA
A berinjela tem o poder de reduzir e controlar o colesterol, o triglicérides, o ácido úrico e a ação das gorduras sobre o fígado. É considerada diurética, laxante e
calmante. Auxilia na digestão e é coadjuvante no regime de emagrecimento, impedindo que o organismo absorva mais gordura. Também é usada, com bons resultados, na gota, no reumatismo e na arteriosclerose.

CÁSCARA SAGRADA
É usada como estimulante das funções laxativas, sendo usada também como tônico estomático, colagogo, indicado também nas dispepsias, prisão de ventre, promovendo um aumento dos movimentos peristálticos e favorecendo assim as funções gastrointestinais.

COPAÍBA
Restabelece as funções das membranas mucosas, modificando as secreções e acelerando a cicatrização.
Em doses pequenas é estimulante do apetite, com ação direta sobre o estômago. Possui propriedades anti-sépticas, topicamente ou internamente, agindo sobre as vias respiratórias e urinárias.

EUCALIPTO
O Eucalipto possui propriedades antisséptica, expectorante, antiasmática, antiinflamatórias, desinfetantes. O óleo de eucalipto é curativo nas gripes e resfriados com tosse. Por serem voláteis, suas propriedades podem atuar nos pulmões, faringe e amídalas

GARCÍNIA
A garcínia é uma fruta utilizada como inibidora natural do apetite, pois produz uma sensação de estômago cheio. Sua ação principal consiste na capacidade de “queimar” as gorduras armazenadas no organismo reduzindo, assim,o desejo de comer doces, regulando os níveis de colesterol, triglicérides e glicose; reduz a produção de gorduras no organismo e acelera o metabolismo.

GENGIBRE
O gengibre apresenta inúmeras propriedades farmacológicas, exercendo ação nos sistemas digestivo, nervoso central e cardiovascular. Age como stimulante para o trato gastrintestinal, aumentando o peristaltismo e o tônus do músculo intestinal. Os extratos de gengibre estimulam os centros vasomotor e respiratório. A inibição da síntese de certas prostaglandinas pode explicar o efeito antiinflamatório do gengibre e sua aparente eficácia no estudo de casos recentes de desordens reumáticas e artríticas. Tem-se demonstrado considerável interesse no seu uso como antiemético, em razão de não demonstrar efeitos colaterais em comparação a outras drogas antieméticas.

GINSENG
O Ginseng tem sido usado como tônico geral para todo o organismo, ajudando a combater problemas relacionados ao cansaço físico e mental, sendo recomendado também como afrodisíaco, no tratamento dos diabetes, úlceras, leucemias e câncer. Promove a melhora física e mental, sendo analgésico e antiinflamatório.

GUACO
Facilita a fluidificação da transpiração traqueobrônquica ou estimula sua secreção de maneira que por processos possam ser mais facilmente expulsos pelo reflexo da tosse. Atua relaxando a musculatura lisa das vias aéreas, principalmente brônquios. Estimula a secreção e eliminação da urina. Útil em casos febris onde exerce apreciável efeito sudorífero.

LIMÃO BRAVO
Estimulante estomacal, sedativo, ajuda a diminuir as cólicas menstruais, tosses, bronquites, laringite, gases e afecções hepáticas

MALVA
Devido a riqueza em mucilagens, protege os tecidos inflamados e irritados. Favorece a cicatrização e recuperação das lesões nas mucosas. Exerce Atividade lenitiva sobre as mucosas brônquicas, auxiliando na eliminação do tosse e do catarro. Os taninos desenvolvem atividade adstringente reduzindo secreções e erupções. Em doses elevadas é suavemente purgativo.

MASTRUÇO
É indicado no combate às febres, tem ação antibiótica, colerética, digestiva, expectorante, tônico pulmonar antiescorbútico, indicado nas afecções dos pulmões, anemias, bronquite crônica e aguda, catarro broncopulmonar, tuberculose, vermes e raquitismo.

PORANGABA
A Porangaba é utilizada como supressora do apetite, auxiliando nos processos de emagrecimento. Tem ação tônica, sobre a circulação, podendo ser usada no tratamento de retenção excessiva de líquidos, além de evitar e/ou reduzir os depósitos de gorduras nas artérias e veias, auxilia no combate às doenças cardiovasculares, asma, celulite, fadiga, diarréia, bronquite, cólica intestinal, inflamação nos rins e também no combate ao vírus da Herpes, ajuda a reduzir a barriga, estômago alto e gorduras localizadas.

ROMÃ
Muito utilizada para acabar com a rouquidão, afecções da boca, garganta, angina, contra cólicas, inflamações gastrintestinais e ainda fortalece as gengivas e previne aftas.

SÁLVIA
É usada como desodorante e antiperspirante pela capacidade de fechar os poros dilatados, reduzindo o excesso de oleosidade, devido a presença de flavonóides, taninos e ácidos orgânicos como o ácido clorogênico. Sua emoliência é dada pelas mucilagens que possuem a capacidade de reter água.
A sálvia é anti-sudorífica por efeito sedativo sobre o centro do calor. As secreções láctea salivares também são diminuídas. Essa propriedade faz da sálvia um medicamento de escolha nos estados de hiperidrose como febres, tuberculose, menopausa e sudoração nervosa.

TANCHAGEM
Devido às mucilagens de suas folhas, exerce uma ação protetora das mucosas inflamadas e das vias respiratórias, impedindo a atividade de substâncias irritantes e promovendo a diminuição do processo inflamatório. Agem sobre as vias respiratórias superiores, protegendo a mucosa e auxiliando a expectoração. Tem a propriedade de destruir um grande número de microorganismos e estimular a epitelização.
Os taninos conferem a propriedade adstringente, formando revestimentos protetores, atenuando a sensibilidade e dificultando infecções, além de proporcionar uma ação hemostática.
Por diminuir a irritação da mucosa intestinal, as folhas possuem ação antidiarréica.
As sementes atuam indiretamente como laxativas por absorver grande quantidade de água, estimulando o peristaltismo.
 
newsletter
pesquisar
produtos
chamadas_mais